Na AEIPS acreditamos que as pessoas com experiência de doença mental têm um papel ativo na sociedade para desempenhar. A escolha, obtenção e manutenção de projetos profissionais são meios fundamentais pare construir esta ligação com a comunidade e promover uma plena integração social.

Para dar resposta a esta necessidade, desenvolvemos o Programa de Emprego Apoiado, que visa à inserção profissional de pessoas em situação de desvantagem no mercado aberto e competitivo de trabalho, através de planos de suporte individualizados.

Na AEIPS contribuímos diariamente para que a inserção no mercado aberto de trabalho de pessoas com experiência de doença mental seja uma realidade de sucesso.

Pedir mais informação

Porquê o Emprego Apoiado

Ao contrário do modelo tradicional, no qual a preparação e treino para o emprego são realizados em ambientes protegidos, no caso do Emprego Apoiado a integração é feita diretamente nas empresas, com suporte e acompanhamento.

Para a implementação dos serviços oferecidos no âmbito do Emprego Apoiado, a AEIPS trabalha em sinergia com a Rede Incorpora, da qual faz parte desde 2018. Esta rede é constituída por várias entidades sociais a nível nacional, com técnicos especializados que proporcionam às empresas assessoria gratuita e personalizada nos processos de recrutamento, ao mesmo tempo que acompanha os(as) candidatos(as) nos seus percursos profissionais, inclusivamente após a contratação.

O Programa Incorpora é um programa de intermediação laboral, que surgiu em Espanha há 14 anos promovido pela Fundação “la Caixa”, sendo desenvolvido em Portugal desde 2018, em colaboração com o BPI e parceria com o IEFP.

Princípios

  • Emprego competitivo?
  • Universalidade?

  • Inclusão social?

  • Oportunidade de escolha?

  • Empowerment?

  • Igualdade de género e de oportunidades?

  • Suportes individualizados e flexíveis?