Estágios profissionais

Estágios profissionaisOs estágios profissionais têm como objectivo a aquisição e desenvolvimento de conhecimentos e competências profissionais, necessários para o desempenho de uma actividade profissional, no sentido de aumentar as qualificações das pessoas com doença mental, constituindo uma estratégia facilitadora de acesso ao mercado competitivo de trabalho.
Esta formação é realizada nas empresas, de acordo com os interesses do formando, permitindo um contacto directo com o posto de trabalho e um envolvimento e colaboração dos colegas no processo de formação em termos de funções e rotinas de trabalho, cultura da empresa e relações interpessoais.
Cada estágio é estruturado de acordo com um programa de formação elaborado pela AEIPS e pela empresa. Neste programa são identificados os objectivos da formação, os conteúdos de cada módulo, o cronograma e as metodologias de avaliação. No final do estágio é passado, pela empresa, um certificado de habilitações profissionais que atestará da frequência e aproveitamento do mesmo.
Em cada empresa é designado um dos seus funcionários para ser o responsável pela formação, a quem chamamos tutor. Ao tutor compete ensinar os conhecimentos técnicos, acompanhar e supervisionar o trabalho dos formandos e fazer a sua avaliação.
Os estágios profissionais possibilitam, não só, a aquisição de uma formação específica, como proporcionam uma experiência real de trabalho significativa, aumentando a proximidade com o mercado de trabalho e as oportunidades de emprego.
Por outro lado, é fundamental assegurar um conjunto de actividades de suporte que facilitem o sucesso dos projectos de formação. Estas actividades incluem:

Reunião de acompanhamento nas empresas

Durante o período de estágio são realizadas reuniões mensais de avaliação na empresa, com a presença do tutor da empresa do estagiário e do técnico da AEIPS.
Nas reuniões de avaliação analisa-se a execução do programa de formação, identificam-se as etapas alcançadas e são apresentados e discutidos problemas, conflitos e dificuldades, sentidas pelo estagiário e pelo tutor, definindo-se estratégias conjuntas de resolução.
Para além destas reuniões mensais, são ainda realizados contactos telefónicos com as empresas, no sentido de facilitar a implementação, organização e desenvolvimento dos estágios profissionais.

Reunião semanal pós-laboral
O Centro Comunitário realiza reuniões de grupo semanais, onde cada um dos elementos fez o balanço da formação, partilhando êxitos e ganhos, preocupações e dificuldades, reflectindo-se em conjunto algumas estratégias de resolução.
Estas reuniões são realizadas em conjunto com os membros do Centro que já estão empregados e têm lugar às 5ª feiras, em horário pós-laboral.
Uma vez por mês realiza-se um jantar mensal para a comemoração do mês de trabalho, criando-se assim um espaço de inter-ajuda, motivador da manutenção dos projectos de formação.

Suporte individual
São realizadas reuniões de suporte individual, fora do local de trabalho, para a identificação e resolução de dificuldades ou problemas relacionados com a formação: execução da actividade profissional, relação com os colegas e supervisores, assiduidade, pontualidade, apresentação pessoal.
Por outro lado, o projecto individual de formação não é considerado de forma isolada, mas é integrado em termos dum projecto de vida global, pelo que se articula com objectivos e necessidades em termos habitacionais, culturais e de lazer, educacionais e sociais.